top of page
PAINEL-HOME1.jpg

Rio Agua Clara México

Foto:  Thomas Pozzo di Borgo

IMG_7335.JPG

Vídeos

Água em Pauta 52 - Fórum Latino Americano da Água

Água em Pauta 52 - Fórum Latino Americano da Água

Entrevista com Ricardo Burg Mlynarz

Entrevista com Ricardo Burg Mlynarz

Diálogo com Lydia Meade e Genoveva Quintero

Diálogo com Lydia Meade e Genoveva Quintero

Entrevista com Lydia Meade

Entrevista com Lydia Meade

Entrevista com David Román Chaverra

Entrevista com David Román Chaverra

Entrevista com Roberto Olivares

Entrevista com Roberto Olivares

Entrevista com Franz Rojas

Entrevista com Franz Rojas

Sobre o Fórum 

A Associação Brasileira de Recursos Hídricos - ABRHidro, a Associação Brasileira de Águas Subterrâneas – ABAS, a Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES, a Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas – REBOB e a Rede Latino Americana de Organismos de Bacias – RELOB, com o apoio da Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico – ANA e da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura - UNESCO, irão promover o 1º Fórum Latino Americano da Água, a ser realizado nos dias 21 e 22 de novembro de 2.023 na cidade de Aracajú/SE, Brasil, paralelamente ao XXV Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, SBRH, promovido pela ABRHidro.

 

A realização deste Fórum internacional visa fortalecer o diálogo e a integração de processos decisórios e de governança sobre água e saneamento no âmbito dos países latino-americanos, nos contextos político, técnico e institucional, assim como estabelecer redes, interações e agendas de recursos hídricos que contribuam para o desenvolvimento sustentável na América Latina.

 

A expectativa do evento é agregar um amplo leque de instituições do setor de recursos hídricos dos 35 países que compõem a América Latina, incluindo gestores, técnicos, usuários, acadêmicos, indígenas, mulheres, jovens, empresários, legisladores, tomadores de decisão, comunicadores e, especialmente, representantes da sociedade civil.

O Processo Temático do 1º Fórum Latino Americano da Água é orientado pelos assuntos que vêm sendo discutidos nos principais eventos internacionais sobre água e saneamento (Conferência da UN Water, 10º Fórum Mundial da Água, Semana Mundial da Água de Estocolmo, Semana Internacional da Água da Coreia do Sul e outros), pelos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) e pelos interesses regionais dos países da América Latina, que devem ser retratados, de forma sintética, no tema geral do evento (1º FLAA).

 

Além disso, a programação temática deverá ser ancorada nas questões afetas à integração e ao compartilhamento de soluções e boas práticas de gestão no continente, promovendo a cooperação e a parceria entre países e instituições da região.


Desta forma, a Comissão fornece orientações para o desenvolvimento do Programa do Fórum, em linha com o tema central do evento, definido como "INTEGRAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO", conforme aprovado na primeira reunião de organização do 1º FLAA, ocorrida em Brasília, na sede da Agência Nacional de Águas e Saneamento – ANA, no dia 25 de janeiro de 2023.
 

Com base no exposto, a Comissão propõe prioridades temáticas a serem discutidas no evento, define a grade de sessões temáticas, gerencia os grupos de trabalho dos respectivos temas e responde pela geração e sistematização dos resultados temáticos do Fórum.

Figura 1 para o site texto SOBRE O FORUM.jpeg

ESTRUTURA TEMÁTICA do 1º FLAA
 

Definida com base na análise dos assuntos que vêm sendo discutidos nos principais eventos sobre água e saneamento que vêm ocorrendo pelo mundo, a Estrutura temática do 1º Fórum Latino-Americano da Água tem 3 temas principais e 3 temas transversais, totalizando 6 temas, conforme apresentado abaixo.

Figura 2 para o site texto SOBRE O FORUM.jpeg

Palestrantes confirmados

Em ordem alfabética

Alberto Manganelli

Centro Regional para a Gestão de Águas Subterrâneas da América Latina - CeReGAS

Alejandra Mujica

Uruguai - GWP Sudamérica

Alessandra Daibert Couri

Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico - ANA

Alexander López

Costa Rica - UNESCO/UNECE

Ana Carolina Gossen

ITAIPU Binacional

Ángel Eduardo Cárdenas Sosa

Banco de Desenvolvimento da América Latina e Caribe - CAF

Benedito Braga

Associação Brasileira de Recursos Hídricos - ABRHidro

Claudia Ferreira Lima

Comitê Intergovernamental Coordenador dos Países da Bacia do Prata - CIC

Concepción Marcuello Olona

Direção Geral da Água do Ministério para a Transição Ecológica e Desafio Demográfico da Espanha - MITECO

Cristian Núñez Riveros

Direção Nacional de Águas do Chile

David Farina

Ministério do Meio Ambiente do Paraguai

David Román Chaverra

Colômbia - Ministério do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável.

Dirceu Reis

Universidade de Brasília - UnB

Eric Tardieu

Rede Internacional de Organismos de Bacias Hidrográficas - RIOB

Everardo Mantovani

Associação Brasileira de Irrigação e Drenagem - ABID

Fernando Cisneros Arza

Organização do Tratado de Cooperação Amazônica - OTCA

Filipe Sampaio

Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico - ANA

Francisco Assis de Souza Filho

Universidade Federal do Ceará - UFC

Francisco Lahóz

Consórcio PCJ

Franz Rojas

Banco de Desenvolvimento da América Latina e Caribe - CAF

Gabriela González Trilla

Ministério do Meio Ambiente da Argentina

Genoveva Quintero

Ministério do Meio Ambiente do Panamá

Gerardo Amarilla

Comitê Intergovernamental Coordenador dos Países da Bacia do Prata - CIC

Gisele Ricobom

Itaipu Binacional

Giuseppe Serra Seca Vieira

Brasil - MIDR Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional

Gustavo Méndez

Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID

Helio Suleiman

Fundação Alto Tietê

Henrique Veiga

Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico - ANA

Jorge Auguello

Rotoplas

Jorge Werneck

Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Estado de Goiás - SEMAD/GO

Juan Carlos Bertoni

Argentina - INA - Inst. Nacional del Agua

Lívia Tinoco

Brasil - MPF - Ministério Público Federal

Luciano Henning

Unión de Parlamentarios Sudamericanos y del MERCOSUR (UPM)

Lupércio Ziroldo Antonio

Rede Brasil de Organismos de Bacias Hidrográficas - REBOB

Lydia Meade

México - Asociación Sustentable por la Mujer de Morelos (ASM) y Asociación Mexicana de Hidráulica (AMH)

Malu Ribeiro

SOS Mata Atlântica

Manuel Moran

Chile - FESAN

Mara Ramos

Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo- DAEE

Márcio José

GS Inima Aquapolo

Maria Apostolova

Organização do Tratado de Cooperação Amazônica - OTCA

Mauricio Abijaodi

Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico

Miguel Doria

UNESCO

Pablo Lloret

Ecuador - Fundación Futuro Latinoamericano

Pablo Storani

Ministério de Infraestrutura e Obras da Argentina

Paulo Samuel

Associação Interamericana de Engenharia Sanitária e Ambiental - AIDIS

Paulo Varella

Fórum Nacional de Órgãos Gestores das Águas - FNOGA

Raul Munoz

Espanha - BID

Ricardo Burg

UNESCO/CAF/GEF

Roberto Olivares

Rede Latino-Americana de Organísmos de Bacias Hidrográficas - RELOB

Sandra Martinez

Argentina - Ministério de Obras Públicas

Sérgio Razera

Fundação Agência PCJ

Simone Benassi

Itaipu Binacional

Suzana Montenegro

Associação Brasileira de Recursos Hídricos - ABRHidro

Victor Arroyo

Tecnologia América Latina e Caribe - ISLE

Vitor Bahia Diniz

Brasil - MRE - Ministério das Relações Exteriores

Ximena Lacués

Direção Nacional de Águas do Uruguai - DINAGUA

Programação

09h00 – 11h00

Abertura Solene

11h00 – 12h30

Água e Financiamento

A água permeia todos os ODS e está no centro do desenvolvimento sustentável, no entanto, ainda persistem desafios importantes ao nível dos serviços básicos de água e saneamento na região da América Latina. Os dados indicam que mais de 160 milhões de pessoas não têm água potável e mais de 330 milhões de pessoas não têm acesso seguro ao saneamento, com apenas 40% do esgoto coletado e tratado, enquanto o restante é descartado, contaminando corpos d'água e o meio ambiente. Esta situação contrasta com a busca pela universalidade no acesso a ambos os serviços, que constituem o Direito Humano à Água e ao Saneamento. Estudos indicam a necessidade de aumentar, no mínimo em 3 vezes, os valores atualmente investidos para garantir o atingimento das metas estabelecidas no ODS6. Nesta sessão, serão apresentados desafios, experiências e oportunidades para o financiamento do setor da água na América-Latina nos próximos anos.


  • Franz Rojas, Moderador, CAF

  • Giuseppe Serra Seca Vieira, Ministério Integração e Desenv. Regional Brasil

  • Mara Ramos, DAEE/SP

  • Ángel Eduardo Cárdenas Sosa, CAF

  • Hélio Suleiman, Fundação Alto Tietê

  • Sérgio Razera, Fundação Agência PCJ

  • David Román Chaverra, Ministério Meio Ambiente e Desenv. Sustent. Colômbia


14h30 – 16h00

Água e Cooperação

Na Região Latino-Americana, 55% do território pertence a bacias transfronteiriças através das quais fluem 71% dos recursos hídricos superficiais do continente. Além disso, existem 51 aquíferos transfronteiriços na região. Desta forma, 22 dos 33 países da América Latina partilham cursos de água, lagos e aquíferos transfronteiriços. Esta sessão trará discussões e exemplos de como avançar com a cooperação por meio do estabelecimento de acordos operacionais para a gestão compartilhada desses corpos hídricos.


  • Maria Apostolova, Moderadora, OTCA

  • Vitor Bahia Diniz, Ministério Relações Exteriores, Brasil

  • Simone Benassi / Ana Carolina Gossen, Itaipu Binacional

  • Fernando Cisneros Arza, OTCA

  • Francisco Lahóz, Consórcio PCJ

  • Alberto Manganelli, CeReGAS

  • Alexander López, UNESCO/UNECE

  • Luciano Henning, Unión de Parlamentarios Sudamericanos y del MERCOSUR (UPM)


16h30 – 18h00

Água e Inovação

Na discussão sobre o desenvolvimento de sociedades mais verdes, transição energética e economias mais limpas, descarbonizadas, resilientes e com uso cada vez mais racional e integrado dos recursos naturais, o potencial da América-Latina se destaca no cenário global. Todos são temas diretamente conectados às questões hídricas e que representam necessidades e oportunidades de avanços tecnológicos e de mercado para a região, gerando valor, desenvolvimento e sustentabilidade. Assim nesta sessão serão apresentadas e discutidas inovações na direção da conservação hídrica, redução de perdas e seus impactos nas atividades econômicas, no meio ambiente e na sociedade, produção de alimentos e saneamento, bem como trazer inovações para ampliar a oferta hídrica sustentável via rotas tecnológicas de reúso de água, recarga de manancial, dessalinização de água do mar entre outras, demonstrando como tais iniciativas podem acelerar o atingimento dos ODS6.


  • Suzana Montenegro, Moderadora, ABRHidro

  • Jorge Auguello, Rotoplas-Agua

  • Everardo Mantovani, ABID / ACID

  • Márcio José, AQUAPOLO, GS Inima

  • Victor Arroyo, ISLE América Latina e Caribe

  • Claudia Ferreira Lima, CIC-PLAZA Cuenca del Pla

  • Paulo Samuel, AIDIS

  • Juan Carlos Bertoni, INA Argentina


18h00 – 21h30

Apresentação e Cerimônia de Fundação do Conselho Latino-americano da Água. Coquetel e Conversa

Local

Centro de Convenções AM Malls Sergipe

Av. Pres. Tancredo Neves, 4444 – Inácio Barbosa, Aracaju – SE

Parceiros

[STAKEHOLDERS]-[VIDEO].png
bottom of page